Investir em emergência social

O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos incentivou hoje as autarquias, sobretudo as de maior dimensão, a substituírem o investimento em espetáculos em prol da emergência social.

José Contente desafiou o poder local, o mais próximo da comunidade, a associar-se ao executivo nos apoios sociais, mesmo que isso implique sacrificar outros investimentos, nomeadamente o dos espetáculos, afirmando “que esta era uma boa forma de ajudarmos, com mais intensidade, a responder aos problemas dos nossos cidadãos que atravessam maiores dificuldades”.

O governante, que presidiu à sessão de abertura do seminário “A certificação de respostas sociais”, promovido pela ACEESA – Associação de Centros de Estudos de Economia Solidária do Atlântico – destacou a importância do trabalho levado a cabo pelas instituições de solidariedade social dos Açores, reconhecendo que o contributo que prestam à comunidade e que ajudam a Região a subir mais um “degrau na construção da justiça social, algo difícil de atingir mas, sem trabalho, sem esforço e sem esta noção de modernidade associada às respostas sociais, seria mais difícil de alcançar”.

Dirigindo-se aos formandos, José Contente destacou a dose “de criatividade e de sensibilidade de cada um de vós deposita, no dia-a-dia, no vosso trabalho, respondendo muitas vezes aos desafios com o coração mais do que com a razão”.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest