Victor Freitas considera que Jardim “tem muita lata”

Para “atirar” a culpa da austeridade para cima de Lisboa e de entidades externas à Região.

O líder regional do PS, Victor Freitas acusou, esta tarde, o presidente do Governo regional, Alberto João Jardim de “ter muita lata” para andar por aí, em inaugurações a dizer que a culpa da austeridade que os madeirenses estão a ser alvo é de Lisboa e de entidades exteriores a Madeira e que não concorda com as medidas de austeridade quando foi o principal responsável por elas.

“O PSD e o Governo Regional entendeu seguir o caminho da austeridade e nestes dias ouvir o drº Alberto João Jardim falar que se deve diminuir a austeridade quando todos nós sabemos que o responsável pela austeridade na Região é dele. É lamentável quando ouvimos o presidente do governo atribuir as responsabilidades da situação em que os madeirenses vivem a Lisboa de facto é preciso ter muita lata”, considerou.

Victor Freitas lembrou que o PS/Madeira, na altura, 1º semestre de 2012, avançou “com várias medidas e propostas, no sentido de existir por um lado um programa económico para a RAM, e por outro lado um programa social para fazer face à situação que a Madeira atravessa”, frisou, lamentando que o GR não tenha seguido as sugestões do PS. “A nota mais sintomática na falha desse pacote de austeridade de Alberto João Jardim é a quebra na receita fiscal na ordem dos 19,4% no primeiro trimestre deste ano”, apontou o líder socialista.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest