Voos só os salvaguardados como serviços mínimos

Os voos assegurados no Aeroporto Internacional da Madeira para o dia de hoje são apenas o que são considerados serviços mínimos.

A ANAM (Aeroportos e Navegação Aérea da Madeira) informou há pouco através de comunicado que na sequência da realização da greve dos trabalhadores da NAV, EP nos períodos: 07:00-09:00/14:00-16:00/21:00–23:00 e dos colaboradores afetos ao SITAVA (24h00) os únicos movimentos aéreos a efetuar, no Aeroporto da Madeira, durante o dia de hoje serão os salvaguardados como serviços mínimos, ou seja: Partidas – TP1604 para Lisboa: 10h20;- S41694 para Porto Santo: 12h50 e chegadas – S41695 do Porto Santo: 13h50; TP1627 de Lisboa : 17h50.

Dos restantes movimentos num total de 50 (25 chegadas e 25 partidas) foram cancelados 24 e reprogramadas 26 operações pelas companhias aéreas.

A ANAM informa ainda que “por insuficiência de meios de socorro no Aeroporto da Madeira, devido à adesão dos recursos humanos do Serviço de Salvamento e Luta Contra Incêndios à greve convocada pelo SITAVA até às 16h00 do dia de hoje só serão exclusivamente garantidas as operações militares, de busca e salvamento e de emergência, bem como os serviços mínimos determinados”.

Em consequência da reprogramação de parte dos voos para o dia de amanhã, 19 de maio, sábado, a ANAM aconselha todos os passageiros a deslocação para o Aeroporto da Madeira apenas após a confirmação do seu horário de voo junto das companhias aéreas, seus representantes e agentes de viagens. De referir que no Aeroporto do Porto Santo não se verificam quaisquer constrangimentos até esta hora.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest