Madeira vive “um clima de medo”

Líder dos socialistas critica a atuação do Governo Regional e diz que a Madeira “vive um clima de medo”.

Madeira “vive um dos piores momentos da história”, diz o líder do Partido Socialista, Victor Freitas, na sua intervenção na Assembleia Legislativa da Madeira. 600 milhões de euros é a prenda que o Governo deixa às futuras gerações, continuou, referindo-se aos juros que terão de ser pagos pelos madeirenses.

O socialista aproveitou a sua intervenção para duras críticas ao regime jardinista, que deixou sobre o povo “a desgraça que cometeram”.

“A pata rapada são aqueles que são expulsos da Madeira e têm de ir para a emigração porque não têm emprego aqui”, disse ainda o socialista, lembrando um termo utilizado recentemente pelo líder regional, Alberto João Jardim.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest