Mar gera receitas turísticas [VÍDEO]

No terceiro dia da semana dedicada ao tema do mar, o grupo parlamentar do PSD abordou as atividades marítimo-turísticas.

Hoje em conferência de imprensa no cais do Funchal, Medeiros Gaspar destacou que as empresas que se dedicam às atividades marítimo-turísticas constituem um importante nicho de mercado para a captação de turistas à Região.

Dando como exemplo a observação de cetáceos, o deputado do PSD salientou que os números internacionais indicam que a atividade tem crescido em termos mundiais. “O último estudo que existe do Fundo Internacional para o Bem Estar Animal mostra que, em 1998, havia 9 milhões de observadores em 98 países e regiões, número que, em 2008, subiu para os 13 milhões de observadores em 119 países e regiões. Em termos financeiros isto gera um conjunto de resultados, que são de mil milhões de dólares gastos em 1998 e em 2008 2,1 milhões de dólares “, apontou.

Medeiros Gaspar destacou, ainda, que na Europa o número de observadores tem subido a uma percentagem de 7% ao ano. “Na Madeira os dados de 2008, relativos ao estudo efetuado pelo  Fundo Internacional para o Bem Estar Animal, davam um valor de 60 mil pessoas a fazer observação de cetáceos, divididas entre turistas (80%) e residentes (20%), o que gerou uma receita  7,5 milhões de dólares”, frisou.

O deputado social-democrata salientou, também, que a Madeira é um local privilegiado para a observação de cetáceos, sendo possível observar-se cerca de 27 espécies.

Registe-se que na Região existem cerca de 51 empresas de atividades marítimo-turísticas, das quais 12 dedicam-se à observação de cetáceos.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest