Governo “não aceita lições” do CDS-PP

Secretário regional diz que o momento não se compadece com “manobras políticas”.
Ventura Garcês marca presença na Assembleia Legislativa da Madeira. O secretário regional do Plano e Finanças responde às críticas do Grupo Parlamentar do CDS-PP, acrescentando que o momento actual não se compadece com “manobras políticas que desviam a atenção dos sérios desafios que os madeirenses enfrentam”.

Apesar de dar conta das dificuldades que a Região Autónoma da Madeira tem de ultrapassar, em virtude do Plano de Ajustamento Financeiro, o governante lembrou que as medidas foram também aprovadas pelo CDS-PP nacional, partido que integra a coligação do Governo da República.

“As condições acordadas no Programa de Ajustamento não são as melhores, já o dissemos e repetimos várias vezes ao longo do tempo. Foram as possíveis, dado o quadro em que se encontrava o próprio país. Mas foi um programa perfilhado pelo CDS (…)”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest