Incêndios: Gaula elogia ajuda e criatividade dos voluntários

Em caso de calamidade tem de haver uma ação imediata no terreno, tendo em vista dar uma resposta aos mais necessitados.

A Junta de Freguesia de Gaula enalteceu hoje, em conferência de imprensa, o espírito de voluntariado que se desencadeou desde a passada quinta-feira, na sequência dos incêndios que assolaram aquela localidade.

“Nestas situações tem que haver uma ação imediata no terreno, tendo em vista dar uma resposta rápida aos mais necessitados. E essa ação tem de ser no âmbito da limpeza, no apoio a nível da alimentação, do vestuário e dos bens mobiliários, ao que se junta o apoio psicológico às vítimas dos incêndios”, salientou Élvio Sousa.

O presidente da Junta de Freguesia de Gaula destacou também o “espírito de criatividade e a solidariedade das pessoas” que prestaram o seu apoio face à calamidade que atingiu Gaula.

O Externato Lisbonense, a Cáritas, a Cruz Vermelha Portuguesa, a Associação Nacional de Bombeiros, o Grupo Pestana, o empresário Joe Berardo, psicólogos e alguns partidos políticos foram alguns que apoiaram a freguesia de Gaula a “reerguer-se das cinzas”.

Élvio Sousa anunciou, ainda, que todas as casas que foram parcialmente destruídas já se encontram todas limpas e estão a ser reconstruídas nesse momento.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest