Movimento olímpico em Portugal deve ser revisto

Alberto João Jardim disse hoje que está “um pouco triste com a representação portuguesa”.

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, falou hoje à tarde sobre a participação de Portugal nos Jogos Olímpicos, que decorrem em Londres, dizendo que está “um pouco triste com a representação portuguesa”.

Durante a visita de um grupo de crianças da Associação ‘Garouta do Calhau’, que estiveram na Quinta Vigia para agradecer os apoios facultados pelo Governo Regional ao longo do ano, o governante considerou que a questão do desporto tem de ser muito bem revista em Portugal. Até porque, noutros países também presentes nos Jogos, as modalidades são trabalhadas de forma profissional.

“Bem sei que somos um país pequeno e estamos a competir com países de milhões de pessoas, mas o fato da Madeira ter quatro olímpicos, em 270 mil pessoas, é um milagre. Em proporção dá mais olímpicos que os Estados Unidos e a Rússia.  Mas há coisas que estão mal aproveitadas”, referiu, lembrando, por exemplo, o potencial que tem o mar e o bom tempo.

Alberto João Jardim acrescentou ainda, a propósito do apoio demonstrado aos jogadores olímpicos, que a população portuguesa está muito agarrada às boas prestações desportivas e às vitórias. E daí aquele entusiasmo com o futebol.  “Quantos mais resultados bons aparecem, mais as pessoas se entusiasmam”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”][twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest