Porto Santo com menos turistas

A ilha ‘dourada’ recebeu menos turistas nos meses de junho e julho, quando comparado com o período homólogo do ano transato.

Embora sem avançar com números, o presidente da Associação Comercial e Industrial do Porto Santo (ACIPS) referiu que a quebra foi acentuada. “Estamos com algumas dificuldades em atingir os objetivos do ano anterior, nomeadamente a nível de taxas de ocupação”, apontou.

Porém, José António Castro refere que se esperam boas taxas de ocupação durante este mês de agosto. “Neste momento estamos bem, pois estamos com os hotéis com uma boa ocupação e também com grande afluência de madeirenses cá na ilha do Porto Santo”, transmitiu.

Todavia, o responsável pela ACIPS está preocupado com a possibilidade de menos turistas madeirenses viajarem este ano para a ilha do Porto Santo, em resultado da atual conjuntura económica. “Num contexto de crise, os madeirenses optam por ficar na ilha da Madeira, onde também há praias, piscinas e uma série de produtos para passarem os seus dias de férias”, observou.

António Castro voltou a defender uma melhor política de transportes aéreos para o Porto Santo. “Devemos ter mais voos para o Porto Santo a baixo custo, a exemplo do que a easyJet faz entre a Madeira/Lisboa/Madeira. Os portossantenses têm deveres, mas também têm direitos, os quais parece que ainda não chegaram à nossa população”, criticou.

Desta forma, o presidente da ACIPS sugere, por exemplo, que a easyJet também faça escala no Porto Santo, defendendo que isto iria diminuir o preço das viagens. A isenção das taxas aeroportuárias é outra das medidas defendidas por José António Castro.

No que toca ao setor económico,  o presidente da ACIPS frisou que as empresas da ilha estão a passar por algumas dificuldades, referindo que os meses de verão são muito importantes para os comerciantes fazerem algum lucro.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest