CDS exige explicações de Ventura Garcês

Centristas querem que o secretário do Plano e Finanças vá ao parlamento explicar a derrapagem orçamental.

O deputado do CDS/PP, Lino Abreu, anunciou hoje, em conferência de imprensa, que o seu partido vai requerer uma audição parlamentar que tem como objetivo ouvir o secretário regional das Finanças sobre a derrapagem orçamental. Lino Abreu diz que os dados até julho são dramáticos.“Não se aceita uma diminuição da receita corrente. A derrapagem foi de 73 milhões de euros no que toca a receita corrente, mas o mais dramático é que para além de derrapar na receita as despesa correntes aumentaram e a despesa corrente aumentou 14,7%, na ordem dos 79 milhões de euros”, esclareceu.

O parlamentar centrista salientou ainda que é inaceitável que as despesas de aquisição de bens e serviços tenham sofrido um aumento superior a 66 milhões de euros. “Esta derrapagem deixa a nu a falta de rigor e falta de contenção das despesas do Governo Regional”, apontou o deputado, acrescentando que o objetivo do executivo devia ser “aumentar a sua receita corrente, diminuir as despesas correntes, nomeadamente as despesas de funcionamento”, o que acabou por não acontecer e põe em causa as transferências do Estado para a Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”][fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest