PND leva a escola do Joãozinho ao plenário

Hélder Spínola diz que o “Joãozinho” tem uma escola com quadro interactivo mas onde falta papel higiénico e papel para fotocopias.

IMG_1571O deputado do PND, Hélder Spínola, levou ao plenário a história da escola do “Joãozinho”. Com uma redacção feita pelo “Joaozinho” o deputado da Nova Democracia ironiza com a história referindo que na escola do “Joãozinho” não existe papel higiénico, nem papel para fotocópias, nem refeições, nem telefones “só existem os telemóveis dos professores que têm de fazer chamadas para os encarregados de educação do seu telemóvel particular”.

Em tom de ironia Hélder Spínola disse que poderia fazer também uma redacção mas como secretário para dizer que: “se eu fosse secretário não desvia dinheiro da educação para os clubes de futebol, se eu fosse secretário não usava cinco milhões de euros para o Marítimo, Nacional e União em vez de os aplicar na Educação. Se eu fosse secretário com fundos da União Europeia mandava colocar paineis solares nas escolas para aquecer a água das piscinas”, atirou.

[twitter style=”vertical” float=”left”][fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest