Governo desmente aprovação de um “perdão fiscal”

«O Governo desmente categoricamente que tenha sido aprovado um perdão fiscal», refere uma nota do Gabinete do Primeiro-Ministro.

O Conselho de Ministros aprovou um programa especial de redução do endividamento ao Estado, através do qual «as empresas e particulares terão de pagar todos os impostos em dívida».

«As empresas e particulares que aderirem a este plano apenas poderão pagar a prestações e ter isenção de juros de dívida e custas processuais», sendo que «o objetivo desta medida não é o encaixe financeiro, mas preparar as empresas para se recapitalizarem a partir de janeiro de 2017».

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger