“Há quem vá para a cama a pensar no Benfica”

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, pronunciou-se esta quarta-feira sobre os recentes temas relacionados com o emblema da Luz e garantiu que as acusações de que os ‘encarnados’ têm sido alvo, como o caso dos ‘vouchers’, vão ser resolvidas nos locais próprios.

Em entrevista ao jornal Correio da Manhã, o líder dos ‘encarnados’ foi questionado sobre o recente caso dos ‘vouchers’ e pediu uma decisão célere na justiça.

“Quando um determinado clube tem um resultado negativo, surgem essas tempestades dos vouchers. O que pedimos é que sejam rápidos e céleres na decisão. Quem provocou esta situação magoou-nos bastante. A nossa marca fica manchada, mas chegará o dia e a hora em que nos sentaremos no sítio certo”, afirmou Luís Filipe Vieira.

Questionado sobre eventuais sanções a aplicar ao clube da Luz na sequência do ‘caso dos vouchers’, Luís Filipe Vieira garante que o clube está tranquilo e recordou a postura do Benfica em casos de corrupção no futebol português como foi o ‘Apito Dourado’.

“Nem pensamos nisso (eventuais sanções). Estamos serenos. Denunciámos o caso Apito Dourado. O que pedimos é que o caso seja rapidamente resolvido. A nossa gestão é transparente. Não queremos ganhar a qualquer preço, queremos ganhar limpo. Acha mesmo que um árbitro se deixa corromper por 300, 400 ou 500 euros? É difícil incomodarem-nos. Essas tempestades são agitadas e temos de estar unidos. O discurso para estas situações é o silêncio. Há quem pense muito em nós. Há quem vá para a cama a pensar no Benfica”, frisou Luís Filipe Vieira.

 

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger