Prémio Janssen Inovação entregue a três instituições científicas nacionais

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, entregou o Prémio Janssen Inovação a três trabalhos de investigação desenvolvidos por instituições científicas nacionais, numa iniciativa que distingue a produção científica nas áreas de Doenças Metabólicas, Hemato-Oncologia, Imunologia, Infecciologia e Neurociências.

Na sessão de entrega de prémios, na Universidade Católica em Lisboa, o primeiro trabalho foi atribuído a uma equipa de investigação conjunta do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde e do Laboratório 3B (Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos), ambos da Universidade do Minho.

O trabalho identificou mecanismos subjacentes à fisiopatologia da doença de Alzheimer ao centrar-se na forma como a tensão crónica instiga a patologia cerebral, identificando a proteína Tau como um modelador importante na disfunção emocional e cognitiva induzida pelo stress.

O segundo trabalho premiado distinguiu uma equipa do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra, que desenvolveu a base do primeiro medicamento relevante sobre a progressão da doença de Machado-Joseph, também conhecida como doença dos pezinhos.

Por último, também foi reconhecido o trabalho do Instituto de Investigação do Medicamento da Universidade de Lisboa sobre as bases do desenvolvimento da tuberculose.

Pin It on Pinterest