Mandato de António Guterres acontecerá num contexto internacional “muito exigente”

O Primeiro-Ministro, António Costa, sublinhou a importância do juramento de António Guterres como secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.

Em declarações aos jornalistas, o Primeiro-Ministro afirmou que o mérito desta candidatura é, em primeiro lugar, de António Guterres, mas também da diplomacia portuguesa e do conjunto das forças políticas nacionais.

Questionado sobre qual será o maior desafio do próximo secretário-geral das Nações Unidas, António Costa lembrou que «o mandato de António Guterres acontecerá num contexto internacional que vai ser muito exigente».

«O engenheiro Guterres gosta de desafios e, quantos maiores os desafios, maiores se revelam os homens. Este mandato vai engrandecer ainda mais a imagem do engenheiro Guterres», disse o Primeiro-Ministro.

Às 10 horas em Nova Iorque (15 horas em Lisboa) na sede da ONU, na sala da Assembleia Geral, perante representantes dos 193 Estados-membros da organização, decorreu a cerimónia na qual António Guterres prestou juramento como secretário-geral das Nações Unidas.

Estiveram presentes o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Primeiro-Ministro, António Costa.

Pin It on Pinterest