Crianças expressam a sua dor através de desenhos

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) promove, anualmente, o concurso “Vou Desenhar a Minha Dor” com o objetivo de distinguir trabalhos feitos por crianças hospitalizadas e que traduzam as suas perspetivas pessoais da dor.

Este ano, as crianças vencedoras foram a Mariana Boavida Lopes da Silva (na categoria de menos de 6 anos); a Catarina Gonçalves Oliveira (na categoria dos 6 aos 8 anos) e o Leandro Rafael Borges Carvalho (na categoria dos 9 aos 12 anos).

“Tratar a dor nas crianças continua a representar um enorme desafio para os profissionais de saúde e é um motivo de grande preocupação e aflição dos pais. Com esta iniciativa pretendemos sensibilizar para a importância de valorizar as queixas dos mais pequenos e de os acompanhar adequadamente“, comenta Ana Pedro, presidente da APED.

O concurso “Vou Desenhar a Minha Dor” destina-se a todas as crianças com idade igual ou inferior a 12 anos que se encontrem hospitalizadas em unidades de saúde nacionais ou que estejam submetidas a tratamentos em hospitais de dia.

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) tem por objetivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e terapêutica da dor.

Lista completa dos vencedores:
Categoria: < 6 anos

1º Prémio: Mariana Boavida Lopes da Silva

2º Prémio: Gustavo Resende de Sousa

3º Prémio: Bianca Espinola Melo
Categoria: 6 a 8 anos

1º Prémio: Catarina Gonçalves Oliveira

2º Prémio: Érica Filipa Ribeiro Sales

3º Prémio: Ana Maria Aslamazishvili
Categoria: 9 a 12 anos

1º Prémio: Leandro Rafael Borges Carvalho

2º Prémio: Laura Figueira

3º Prémio Francisca de Sodré Reis Graça

 

  

 

Pin It on Pinterest