Portugal 6% mais caro em ano de recordes

A trivago fez um Balanço de 2016. Os principais destaques apontam: o preço médio nacional cresceu 6,30%; O Porto foi o destino nacional que melhor performance teve em relação ao ano anterior, com uma subida do preço médio de 17,81%; Em agosto, Portugal atingiu o valor recorde dos últimos anos: 128€ por noite.

Face a estes dados, o balanço regista Portugal 6% mais caro em ano de recordes e o Porto campeão com subida de 18%.

Em ano de recordes, a hotelaria portuguesa encerra 2016 com resultados positivos. O preço médio dos hotéis portugueses a nível nacional em 2016 foi de 95€, contra 90€ no ano passado – um crescimento de 6,30%.

Principais destaques desta análise:

.Em agosto, Portugal atingiu o custo ponderado mais alto do ano, ao fixar a sua média nos 128€ por noite – contra 121€ em agosto de 2015, representando assim uma subida de 5,79% face ao período homólogo;

·O Porto foi o destino nacional que melhor performance teve em relação ao ano anterior, com uma subida do preço médio de 17,81%. Em março, a Invicta chegou mesmo a protagonizar amaior subida de preços em toda a Europa(30,91%). Em novembro, no mês da Web Summit,Lisboa atingiu o mesmo feito, com um crescimento de 9,89% face ao ano anterior;

·Albufeira foi a localidade que registou a maior oscilação em relação ao preço médio durante 2016 – de 54€ em janeiro para 210€ em agosto. Braga foi o destino mais estável nesta matéria – o preço médio mais elevado foi atingido em agosto (65€), contra 54€ em novembro;

·Cascais foi o destino mais caro, com um preço médio em 2016 de 142€. Fátima arrecadou o título de destino mais acessível de 2016 com um custo médio de 56€.

Evolução do preço médio na Madeira:

 

Pin It on Pinterest