Fragata Vasco da Gama prossegue missão de segurança marítima no Mediterrâneo Central

A fragata Vasco da Gama (NRP Vasco da Gama) largou ontem do porto de Valletta, na ilha de Malta, para continuar a participar na Operação Triton, que decorre no Mediterrâneo Central, no âmbito da agência FRONTEX.

No âmbito dos compromissos assumidos por Portugal no seio da União Europeia, esta missão representa o contributo nacional para a redução do fluxo de migração irregular em direção às fronteiras externas da União Europeia, contribuindo também para a redução de perda de vidas humanas no mar.

A fragata Vasco da Gama realizou, até à data, um total de 539 horas de patrulha nas fronteiras marítimas da União Europeia, tendo detetado dois contactos suspeitos e interrogado seis navios mercantes. O navio tem ainda realizado vários exercícios de treino interno para manutenção das perícias e capacidades que este tipo de missão exige, nomeadamente salvamento de náufragos em massa.

A fragata Vasco da Gama é comandada pelo capitão-de-fragata Pedro Cruz Rafael, tem embarcados 147 militares, incluindo uma secção de fuzileiros com equipas de abordagem, uma equipa de mergulhadores e uma equipa médica. Estão ainda embarcados um inspector do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, um oficial de ligação da Guardia di Finanza e um oficial de ligação da Guardia Costiera.

Pin It on Pinterest