Marinha preserva o ambiente

De forma a monitorizar os 130 hectares de arvoredo da Base Naval de Lisboa e evitar as pragas mais comuns, nomeadamente a lagarta do pinheiro que já causou a perda de muitos pinheiros na BNL, serão colocadas mais de 50 gaiolas artificiais com o objetivo de atrair aves insectívoras de forma a prevenir o uso de inseticidas e a preservar o ambiente.

De entre as pragas existentes e que constituem uma forte ameaça devido à sua grande expansão nos pinhais portugueses, conta-se a lagarta (ou processionária) do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa).

Nos últimos anos a Base Naval de Lisboa perdeu uma larga percentagem do total de pinheiros cultivados. Foram posteriormente replantados 5 mil pinheiros, no entanto a sua grande maioria foi já afetada pela praga da lagarta do pinheiro.

Apesar da complexidade, a Marinha, através da Base Naval de Lisboa, considera que a monitorização de pragas e doenças é fundamental na manutenção da vitalidade dos povoamentos florestais e, desde que corretamente executada, torna possível estabelecer uma estratégia de intervenção que permita, no momento mais oportuno e usando os meios de luta mais adequados, o controlo das populações de agentes bióticos nocivos.

Nasce assim a Operação Chapin, que consiste em colocar 50 gaiolas artificiais nos 130 hectares de arvoredo da Base Naval de Lisboa. A colocação dos ninhos termina em janeiro e espera-se que, após as aves ocuparem os ninhos, a eclosão e desenvolvimento das crias decorra até junho.

Saber mais

O que são e para que servem?

Um ninho artificial para aves é uma caixa feita de madeira que se assemelha a uma cavidade natural, podendo colocar-se em árvores, postes ou edifícios e que vai proporcionar uma zona de nidificação às aves que utilizem a zona para se alimentar.

Espécies Alvo

Os chapins e trepadeiras que utilizam cavidades naturais para nidificarem e que apreciam bastante as caixas ninho.

Vantagens para o ambiente

As aves que beneficiam com esta medida são insectívoras, alimentam-se de invertebrados e por isso podem ajudar no combate a possíveis pragas, permitindo reduzir o uso de inseticidas, beneficiando o ambiente e as explorações agrícolas.

Pin It on Pinterest