Rádio do Texas bane Madonna

As declarações de Madonna durante a Marcha das Mulheres em Washington em protesto contra a tomada de posse de Donald Trump como presidente dos EUA, deram que falar na última sexta-feira. Agora estão na base da decisão da rádio do Texas HITS 105 em banir da estação, por tempo “indefinido”, as músicas da cantora.

“Banir todas as músicas de Madonna na HITS 105 não é uma questão política mas sim um ato de patriotismo. Iríamos sentir-nos mal se tocássemos as suas canções, e lhe pagássemos “royalties”, depois de ela expressar sentimentos anti americanos”, explicou Terry Thomas, responsável pela estação de rádio. “Se todas as estações tomassem o nosso exemplo, isso iria enviar-lhe uma forte mensagem económica.”

Uma das frases de Madonna que teve mais repercussão foi quando afirmou que pensou “fazer explodir a Casa Branca”. “Sim, estou chateada. Sim, estou furiosa. Sim, pensei muito em fazer explodir a Casa Branca, mas sei que isso não ia mudar nada”, disse a intérprete de «Like a vrgin».

Já esta semana, a cantora norte-americana viu-se obrigada a esclarecer que utilizou essa expressão em “sentido metafórico”.

“Não sou uma pessoa violenta, não promovo a violência e é importante que as pessoas ouçam e entendam o meu discurso na íntegra e não apenas uma frase tirada de forma absurda do seu contexto. Iniciei o meu discurso dizendo que gostaria de começar a revolução do amor. Depois, encorajei mulheres e pessoas marginalizadas a não caírem em desespero e a unirem-se para uma mudança positiva no mundo. Usei uma metáfora e apresentei uma perspectiva de esperança e outra repleta de raiva, algo que senti. Mas sei que a raiva não resolve nada e a única forma de mudar as coisas para melhor é com amor”, escreveu nas redes sociais.

Pin It on Pinterest