Projeto liderado por Lisboa recebe distinção Europeia

O Projeto I&D BESOS (Building Energy decision Support systems fOr Smart cities) venceu o prémio Green Digital Charter (GDC) na categoria Criação de Valor Europeu (Creation of European added value).

Implementado em Lisboa e Barcelona, este projeto foi considerado “o perfeito exemplo de como as tecnologias digitais podem ajudar no combate às alterações climáticas”.

Este projecto foi gerido em Portugal pela Agência de Energia e Ambiente Lisboa E-Nova e juntou as duas cidades no desenvolvimento e demonstração de um sistema integrado de gestão de energia em equipamentos e infra-estruturas públicas consumidoras e produtoras de energia, integrando sistemas já existentes mas que não comunicavam entre si.

O BESOS teve o seu arranque no início de outubro de 2013, em Barcelona, sob coordenação do Grupo espanhol ETRA I+D.

Este projeto, com a duração de 3 anos, foi apoiado pelo Sétimo Programa-Quadro da União Europeia, na área de Otimização de Sistemas Energéticos em Cidades Inteligentes (ICT-2013.6.4), cujo principal objetivo era o da redução gradual da pegada de carbono da UE, através do desenvolvimento e implementação de novas tecnologias, promovendo uma economia Europeia energeticamente mais eficiente e sustentável, nomeadamente através da utilização de tecnologia avançada. Lisboa integrou um consórcio internacional de 10 entidades de 4 diferentes países – Alemanha, Grécia, Portugal e Espanha; que se juntaram para potenciar bairros e zonas existentes com um sistema de apoio à decisão para fornecer uma gestão coordenada das infraestruturas públicas, e ao mesmo tempo proporcionar ao cidadão informação para promover a sustentabilidade e eficiência energética.

Mais informações em besos-project.eu ou lisboaenova.org/pt/besos-building-energy-suport-systems-smart-cities.

Pin It on Pinterest