Funcionários da administração pública capacitados para socorro a vítimas de paragem cardiorrespiratória

A Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, através do Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC), promoveu o curso de Suporte Básico de Vida e Desfibrilhação Automática Externa (SBV-DAE), habilitando 19 funcionários da administração pública na realização de SBV e capacitando-os para atuar em situação de paragem cardiorrespiratória, com recurso à rede de aparelhos DAE existentes em espaços públicos na Madeira e no Porto Santo.

Registe-se que a utilização do desfibrilhador em ambiente extra-hospitalar por pessoas certificadas – curso SBV-DAE – reforça a cadeia de sobrevivência de vítimas de paragem cardiorrespiratória.  Na Região assiste-se a um incremento ano após ano da utilização de DAE resultado do número crescente de cidadãos certificados e também de aparelhos disponíveis na rede.

O curso ministrado por formadores do Serviço de Emergência Médica Regional (SEMER), em conformidade com as guidelines do Conselho Europeu de Ressuscitação teve a duração de 8 horas.

Desde 2010, ano da implementação do Programa Regional de Desfibrilhação Automática Externa, o departamento de formação da SEMER/SRPC formou e certificou mais de mil cidadãos para a prestação de socorro imediato em vítimas com paragem cardiorrespiratória.

Cadeia de sobrevivência em ambiente extra-hospitalar
1º elo – Reconhecer a situação de emergência e pedir auxílio pelo 112;
2º elo – Início do Suporte Básico de Vida;
3º elo – Desfibrilhação Externa;
4º elo – Início do Suporte Avançado de Vida através da SEMER ou SRPC.

Pin It on Pinterest