Campanha de sensibilização sobre cuidados do sono: «Durma bem, desfrute a vida»

A Associação Portuguesa do Sono recorda que a qualidade de vida dos que têm perturbações do sono pode ser melhorada, mas para o conseguir é fundamental o prévio reconhecimento da importância do sono para a saúde e bem-estar. A maior parte das perturbações do sono podem ser prevenidas ou tratadas, mas menos de um terço dos indivíduos afectados procura ajuda adequada.
A Associação Portuguesa do Sono junta-se às comemorações do Dia Mundial do Sono, uma organização da World Sleep Society, celebrado este ano a 17 de março, com uma campanha de sensibilização sobre os cuidados do sono com as crianças, adolescentes e adultos em aspetos tão diversos como o brincar, aprender, trabalhar, conduzir ou namorar: «Durma bem, desfrute a vida».

O sono, tão importante quanto a nutrição ou o exercício físico, tem impacto sobre todos os aspectos da vida e a sua má qualidade pode ser responsável pelo aparecimento de várias doenças orgânicas ou psicológicas.
A qualidade do sono tem impacto desde as doenças naturais, às perturbações psicológicas e sendo um pilar fundamental da saúde, vai ter consequências na energia com que se enfrenta cada dia.

A importância de um bom sono, está presente na necessidade de dormir bem para poder aproveitar plenamente os momentos bons da vida. Desde que se é um recém-nascido até às idades mais velhas, quando se brinca ou trabalha, na companhia da família ou de amigos, em viagem de lazer ou de negócios,… a qualidade de vida de quem dorme bem, é maior.
Mas há esperança! Muitos dos problemas relacionados com perturbações do sono podem ser tratados ou minimizados e o primeiro passo para desfrutar a vida é reconhecer a importância de um bom sono.
SABIA QUE…?

Existem cerca de 100 doenças do sono e a maioria pode ser melhorada ou tratada com a ajuda de especialistas do sono.

A maior parte dos distúrbios de sono pode ser prevenido ou tratado, contudo, menos de um terço dos indivíduos procura a ajuda adequada.

A falta de orientação dos problemas de sono na infância pode facilitar o seu prolongamento até à idade adulta.

Os problemas de sono são uma epidemia global que ameaça a saúde e a qualidade de vida de mais de 45 % da população.

  

Pin It on Pinterest