Escoamento de cana-sacarina deverá estar garantido

“Ao que tudo indica este ano a produção de cana deverá situar-se nas 10500 toneladas”. O número foi avançado pelo Secretário Regional de Agricultura e Pescas na XII Feira Regional da Cana-de-Açúcar e seus derivados que decorreu na freguesia dos Canhas. Na ocasião, Humberto Vasconcelos disse já foram realizadas algumas reuniões com o sector para que o escoamento fosse garantido. “Em princípio não vai haver problemas”.

Em 2016 a produção de cana-de-açúcar foi de 10.812 toneladas, + 22,5 % do que a registada em 2015 (8.824 toneladas). Foi um ano excecionalmente bom para esta produção já que a área dedicada à cultura só cresceu em relação a 2015, cerca de 0,6 %, situando-se nos 172 hectares.

A produção (3 engenhos) de Mel de Cana em 2016 foi de 194 toneladas, menos 2 toneladas do que a verificada em 2015, mas superior em 15,5 % à registada em 2014.

A produção (5 engenhos) de Rum da Madeira (a 50% volume) em 2016 foi de 654.634 litros, + 18,8 % do que a registada em 2015 (555.062 litros).

Em relação à campanha de 2017, é expetativa que a produção de cana-de-açúcar se mantenha ao nível da de 2016.

Por outro lado, e em reunião de concertação com o setor (Secretaria Regional de Agricultura e Pescas, DRA, IVBAM, associações de produtores e os agroindustriais) foi decidido manter o preço ao agricultor de 0,27 €/kg.

Decidido também está que o Governo Regional vai continuar a apoiar a agroindústria com uma linha de crédito, por forma a antecipar a ajuda comunitária (POSEI-RAM) que só é paga, em parte no final de 2017, e no valor de 0,16 €/kg de cana-de-açúcar transformada, e permitir que aquela reúna os meios financeiros para poder pagar aos agricultores o mais celeremente possível.

Pin It on Pinterest