Dia Mundial do Médico de Família celebrado a 19 de maio na Madeira

A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) vai celebrar o Dia Mundial do Médico de Família – no próximo dia 19 de maio de 2017 – e elegeu a Madeira com palco central para sensibilizar os portugueses acerca da importância de combater os riscos do sedentarismo e evitar a depressão.
Em complemento às iniciativas programadas para muitas cidades e vilas do território continental e levadas a cabo por grupos de profissionais de saúde (em parceria com associações locais e autarquias), a APMGF realizará as suas comemorações oficiais no Funchal. Assim, em acréscimo a várias ações na comunidade funchalense que se realizarão ao longo do dia, destaque para uma sessão solene que terá lugar pelas 18 horas, no Auditório da Reitoria da Universidade da Madeira, com intervenções confirmadas do presidente da APMGF (Dr. Rui Nogueira), do presidente da Câmara Municipal do Funchal (Prof. Paulo Cafôfo) e do secretário Regional da Saúde (Dr. Pedro Ramos).

Haverá também lugar para uma conferência a cargo do Dr. Luís Pisco, um dos presidentes marcantes da APMGF nas últimas décadas e atualmente o vice-presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
Espera-se, pois, que ao longo do dia 19 de maio centenas de médicos de família e de internos de Medicina Geral e Familiar desenvolvam em todo o país atividades vocacionadas para a educação em saúde, dentro das unidades de saúde onde trabalham e na comunidade. Sempre com a tónica no aconselhamento para a redução do sedentarismo e procurando explicar que uma vida ativa e feliz é o antídoto por excelência contra a depressão, a perturbação mental mais prevalente entre os portugueses – atinge quase 10% da população, segundo dados do Relatório «Portugal Saúde Mental em Números, 2015» – e com um impacto significativo no consumo de psicofármacos.

Pin It on Pinterest