Candidaturas ao Selo da Diversidade até 22 de julho

A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, afirmou que o Selo da Diversidade «vai ajudar a que as organizações possam ter algo na apresentação do seu site que demonstra claramente que são reconhecidas por esta mais-valia».

Estas declarações foram feitas no Fórum Nacional para a Diversidade, em Lisboa, com o objetivo de promover a Carta Portuguesa para a Diversidade junto das organizações.

Sublinhando que a adesão das organizações à Carta Portuguesa para a Diversidade tem sido uma surpresa fantástica, a Secretária de Estado acrescentou: «O número tem crescido. Eram 75 organizações, hoje são 128, e ao fim do dia serão mais».

Catarina Marcelino realçou ainda que «mais de metade das adesões à Carta Portuguesa para a Diversidade (53%) são empresas», relativamente às quais «o grande desafio não é só assinar um papel a dizer que se comprometem, mas promoverem internamente este trabalho» de promoção da igualdade de direitos e de oportunidades entre os trabalhadores e trabalhadoras.

A Carta Portuguesa para a Diversidade é uma iniciativa da Comissão Europeia, que desafiou os Estados-membros da União Europeia a aderirem a este movimento.

O desafio consiste em cada país escrever o texto da sua própria carta de uma forma relevante localmente, que mobilize os empregadores para a assinar, firmando – assim – o compromisso de promover os princípios da diversidade e inclusão na sua organização.

A Carta Portuguesa para a Diversidade descreve medidas concretas para promover a diversidade e a igualdade de oportunidades no trabalho independentemente da origem étnica e social, orientação sexual, género, idade, características físicas, estilo pessoal e religião.

Através deste documento, as organizações signatárias comprometem-se a promover práticas de gestão de pessoas que respeitem os princípios da diversidade e inclusão com especial enfoque na igualdade de tratamento e de oportunidades no recrutamento e seleção, formação e desenvolvimento profissional, avaliação, progressão na carreira e remuneração.

As candidaturas ao Selo da Diversidade, que irá premiar as organizações com as melhores práticas no reconhecimento, respeito e valorização da diversidade no local de trabalho, decorrem até dia 22 de julho, devendo os resultados ser conhecidos dia 10 novembro.

Pin It on Pinterest