Prémios ao abate de bovinos em atraso começam a ser pagos esta quinta-feira

O Governo dos Açore vai proceder a partir de hoje, dia 22 de junho, ao pagamento do prémio ao abate de bovinos, que estavam em atraso, no valor global de 107 mil euros.

Este pagamento, referente a um universo de 632 bovinos abatidos, abrange um total 153 produtores de carne dispersos pelas ilhas de Santa Maria, Graciosa, São Jorge e Terceira. Santa Maria é a ilha com maior número de produtores, 133, com pagamentos do prémio ao abate de bovinos em atraso (600 animais).

Recorde-se que o Secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, tinha assumido em maio o compromisso que os pagamentos seriam feitos em junho e que os atrasos nos pagamentos estavam relacionados com problemas de origem informática entre o Instituto de Alimentação e Mercados Agrícolas (IAMA) e o Sistema Nacional de Informação e Registo Animal (SNIRA), corrigidos de imediato, após a deteção da situação.


PUB