IATA põe fim às tarifas YY

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) vai acabar com as tarifas YY a partir de 31 de outubro de 2018. A referida decisão, votada durante uma conferência da associação no final de junho, reflecte a “dramática transformação” que tem vindo a ocorrer na distribuição de produto na indústria da aviação.

A tarifa YY permite que os passageiros adquiram um único bilhete para viagens em diferentes companhias aéreas, com possibilidade de despachar a bagagem directamente para o destino final e usando uma única moeda, sendo conhecida como uma tarifa multilateral.

A tarifa YY foi lançada em 1945 e, durante várias décadas, foi uma das tarifas mais usadas na aviação comercial, até começar a entrar em decadência nos anos 80, devido à maior concorrência e desregulação que passou a afectar o sector, além da liberalização dos acordos bilaterais e do surgimento das alianças de companhias aéreas.

“Actualmente, as tarifas YY representam apenas 0,03% dos bilhetes vendidos”, sublinha a IATA em comunicado, explicando que, embora estas tarifas desapareçam, a associação vai continuar a trabalhar em prol do desenvolvimento de um sistema multilateral, que permita um padrão global para a construção de tarifas.

Pin It on Pinterest