Alojamento turístico acelera crescimento

De acordo com a Organização Mundial de Turismo, em 2016 registaram-se 1,2 mil milhões de chegadas de turistas internacionais em todo o Mundo, refletindo um crescimento de 3,9%. Cerca de metade dos turistas internacionais (615,2 milhões) visitaram a Europa (+2,1% face a 2015).

A atividade de alojamento turístico em Portugal (hotelaria, turismo no espaço rural e alojamento local) registou 21,3 milhões de hóspedes (+11,1%) e 59,4 milhões de dormidas (+11,6%), o que correspondeu a uma aceleração face a 2015 (+10,9% e +9,1%, respetivamente).

Os proveitos totais e os de aposento do setor de alojamento turístico ascenderam, respetivamente, a 3,1 mil milhões de euros e 2,3 mil milhões de euros, com assinaláveis crescimentos de 18,1% e 19,2% (+15,0% e +16,7%).

A hotelaria registou 17,95 milhões de hóspedes e 51,4 milhões de dormidas. As dormidas dos residentes (14,2 milhões) evidenciaram um crescimento de 6,3% (+5,7% em 2015) e as de estrangeiros (37,2 milhões) aumentaram 12,1% (7,5% em 2015). O rendimento médio por quarto disponível na hotelaria (RevPAR) foi de 44,6 euros, correspondente a um acréscimo de 14,2% face ao ano anterior (+13,4% em 2015).

Relativamente a turismo internacional, verificou-se que os estrangeiros que visitaram Portugal entraram principalmente por rodovia (55,6%). Por avião chegaram 41,0% dos visitantes e o remanescente em navios de cruzeiro. Cerca de 69% dos turistas não residentes chegados a Portugal vieram por lazer, recreio ou férias. As visitas a familiares ou amigos atraíram 20,3% dos turistas enquanto os motivos profissionais ou de negócios corresponderam a 8,0% do total.

Pin It on Pinterest