CMU Portugal abre candidaturas para oito Bolsas de Doutoramento de grau dual

Estão abertas as candidaturas para oito bolsas de doutoramento de grau dual do Programa Carnegie Mellon Portugal (CMU Portugal), financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, para o ano letivo de 2018/2019.

O prazo limite para envio das candidaturas a estes doutoramentos, que garantem a atribuição de dois diplomas – o da universidade portuguesa selecionada e o da Carnegie Mellon University – depende da área de investigação considerada. Ciência de Computadores, Engenharia Informática, Tecnologias da Língua Falada, com limite até 14 de dezembro, Engenharia Eletrotécnica e de Computadores e Engenharia Mecânica, até 15 de dezembro, Engenharia e Políticas Públicas até 1 de janeiro de 2018 e Matemática Aplicada e Mudança Tecnológica e Empreendedorismo até 15 de janeiro de 2018.

Atualmente a frequentar o doutoramento em Língua Falada, Carla Viegas, destaca a propósito desta experiência, o facto de ser uma “oportunidade rica para conhecer o mundo de investigação em Portugal, assim como o da CMU”. A estudante considera “esta uma experiência importante, quer a nível profissional quer pessoal” na medida em que trabalha “numa área nova de investigação que cativa o interesse e que permite conhecer outras pessoas com as quais partilhamos o interesse pela investigação”.

André Martins, que em 2011 completou o doutoramento em Tecnologias de Linguagem no âmbito do Programa CMU, recebeu, recentemente, uma bolsa do Conselho Europeu de Investigação no valor de 1,4 milhões de euros. Na atribuição desta bolsa, o antigo aluno não esqueceu o papel importante que a participação no Programa CMU Portugal teve, referindo, a este nível, que “a estadia na CMU forneceu a experiência de trabalhar com investigadores de topo” com os quais aprendeu “imenso” e “permitiu também estabelecer uma rede de colaborações que foi fundamental na atribuição desta bolsa”. O DeepSPIN, o projeto vencedor da bolsa, consiste em combinar métodos de aprendizagem estatística estruturada com redes neuronais artificiais, aplicando-os ao processamento de linguagem natural.

Desde o arranque do CMU Portugal, em 2006, já se candidataram aos programas de grau dual mais de 900 potenciais estudantes, dos quais cerca de 120 foram selecionados.

Além das oito bolsas disponíveis para os estudantes interessados nos programas doutorais mencionados, outras formas alternativas de financiamento são possíveis, como por exemplo, através da combinação de uma bolsa regular da FCT com fundos adicionais de CMU

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger