Detenção por homicídio com ocultação de cadáver

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve um homem pela presumível autoria dos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, que terão tido lugar no dia 1 de outubro de 2015, nas cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia.

No decurso das investigações o agora detido, que entretanto saiu do país, tornou-se o principal suspeito de eventual rapto e desaparecimento da vítima, uma cidadã brasileira de 30 anos de idade, residente na cidade do Porto.

Após emissão de Mandado de Detenção Europeu viria a ser detido pelas autoridades francesas no passado dia 28 de setembro e entregue a elementos da Polícia Judiciária que procederam a diligências que permitiram a localização do cadáver enterrado em Vila Nova de Gaia.

De acordo com os indícios recolhidos, o suspeito terá agredido a vítima, na sequência de uma discussão, ao ponto de lhe provocar a morte, seguindo-se a ocultação do cadáver.

O crime terá sido cometido devido a desavenças por questões financeiras decorrentes da coabitação entre ambos.

O detido, estrangeiro de 42 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, ficando a aguardar julgamento sujeito à medida coação de prisão preventiva.

Pin It on Pinterest