Exposição de fotografia “Vida e Cultura” no Mercado dos Lavradores

O vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal (CMF), Miguel Silva Gouveia, visitou, na manhã desta sexta-feira, dia 1 de junho, a exposição “Vida e Cultura”, do fotógrafo Hilárius Bistok, patente no Mercado dos Lavradores até dia 9 de junho.

A mostra tem como objetivo dar a conhecer a realidade e a cultura do povo Timorense, a quem os portugueses, pela sua história, têm uma forte relação, bem como angariar fundos para a Instituição de Solidariedade Social “Centro Social de Nossa Senhora de Fátima”.

Miguel Silva Gouveia enalteceu, a par da ocasião, “as Irmãs Franciscanas da Divina Providência, que desenvolvem um trabalho valoroso a nível social e pedagógico em Timor Leste.

É uma congregação que tem dez Irmãs madeirenses a prestar serviços à comunidade Timorense, que hoje em dia ainda se debate com muitas dificuldades, dada a precariedade das infraestruturas na escola, as dificuldades de mobilidade, bem como a nível habitacional”.

“Esta exposição, que já percorreu Porto e Guimarães, não vem somente mostrar aos madeirenses a forma como estas Irmãs desenvolvem o seu trabalho, mas também o quotidiano dos Timorenses, os obstáculos que enfrentam e, acima de tudo, a alegria de viver de um povo autodeterminado, que consegue ser feliz apesar das dificuldades. A exposição tem fins solidários, que revertem para a congregação poder auxiliar as crianças de Timor a terem acesso à educação e um acesso à escola em melhores condições. Convido os funchalenses a contemplar as fotografias expostas, mas também a contribuir para esta tão importante causa, seja através da aquisição de algumas fotografias, seja

através de donativos”, finalizou o autarca.

Pin It on Pinterest