«ENTRE NÓS» de Teresa Gonçalves Lobo em Lisboa e Funchal

Desenho, instalação e fotografia. Um trabalho que surge inspirado na obra de Herberto Helder.

A exposição «ENTRE NÓS», de Teresa Gonçalves Lobo,  decorrerá em dois espaços, em duas cidades. Funchal e Lisboa. Inaugura sábado dia 19 às 17h00 no ATELIER TERESA GONÇALVES LOBO na Rua da Carreira 39, 2B. A 26 de Novembro ENTRE NÓS inaugurá na Galeria das Salgadeiras em Lisboa.

Segundo Miguel Matos, crítico de arte, “Quem acompanha o trabalho de Teresa Gonçalves Lobo sabe que este se faz de linhas, de voltas e curvas, de riscos entrelaçados e emaranhados de traços. É das intersecções destes riscos que vive a tensão de cada um dos desenhos de Teresa. De uma linha que está viva e se prende a outras, de pontos de passagem de energia e outros de condensação da mesma ou onde ela se estrangula. Os nós das linhas de Teresa prendem a vitalidade de cada trabalho. Criam pausas no fluir das linhas e ritmos geradores de dinâmicas. Por isso, qual é a surpresa de, depois de anos de desenvolvimento destas “fibras”, a Teresa ter chegado às cordas, aos fios, aos nós? Numa palavra: evolução. E é de evolução lenta e aturada que se faz o seu percurso desde que a artista resolveu passar a sua existência para um plano visual.

A diversificação de materiais e técnicas nesta exposição não é também uma novidade na carreira de Teresa Gonçalves Lobo. Desde sempre que a artista explorou a fotografia, embora não a tenha vindo a expor e quanto à escultura ou instalação, estas seguem também a linha coerente de outras exposições anteriores. Mas é, no entanto, interessante, reparar que desta vez é como se os desenhos de Teresa ganhassem corpo e as linhas se transformassem em cordas. Uma objetualização inevitável, pois a sugestão de tal movimento já se adivinhava há muito. Mas no trabalho de Teresa as coisas acontecem quando têm de acontecer. Não são planos, são inevitabilidades ou evidências.”


PUB