Santos Silva pede desculpa por “feira do gado”

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, foi apanhado pelas câmaras de televisão da TVI, durante o jantar de Natal do grupo parlamentar socialista, a comparar a concertação social a uma “feira de gado”.

Santos Silva já pediu desculpa, admitindo “linguagem excessiva”. Ao Observador, o ministro desculpou-se e lembrou que estava numa conversa privada com um “colega de governo” e “amigo de longa data”.

Nas imagens captadas pode ver-se o governante com a pasta da diplomacia a elogiar o ministro do Trabalho e da Segurança Social, José António Vieira da Silva, pelo acordo alcançado em sede de concertação social, na quinta-feira, dia 22 Dezembro.

“Ali o Vieira da Silva conseguiu mais um acordo! Ó Zé António, és o maior! Grande negociante… Era como uma feira de gado! Foram todos menos a CGTP? Parabéns”, gracejou o socialista, a segunda figura do Executivo de António Costa.
Antes do pedido de desculpa, a comparação da concertação social a uma feira de gado já tinha merecido críticas de alguns parceiros sociais.

“Para um ministro dos Negócios Estrangeiros, usou pouca diplomacia”, reagiu António Saraiva, Confederação Empresarial de Portugal (CIP).


PUB