Serrão não acredita no novo Governo Regional

“Não acreditamos que este governo mude de atitudes”.

A opinião foi expressa hoje pelo líder dos socialistas madeirenses, Jacinto Serrão, à margem de uma audiência com o Representante da República, Irineu Barreto.

Após uma mera formalidade, que tem vindo a ser realizada com as diferentes forças políticas, Serrão exortou os madeirenses e os portossantenses a uma postura mais interventiva. Porque, caso contrário, o Governo Regional vai conduzir, uma vez mais, a Madeira para o “abismo”.

O socialista referiu, durante a conversa com o Representante da República, que precisamos da solidariedade do Estado Português, uma vez que nos é impossível pagar a dívida de 6 mil milhões
de euros.

A situação exige medidas de austeridade, é certo, mas da parte da despesa e não por parte da população. Os novos impostos e os cortes sociais representam um “retrocesso” na vida económica e
social regional. Isto quando, segundo Serrão, a solução passa pelo rigor e pela transparência. Outra das preocupações transmitida foi com a “violação” da Lei das Finanças Regionais. O Governo da República, do PSD e do CDS, está a falhar com os compromissos assumidos e a comprometer o futuro da Região, bem como a reconstrução após o temporal de 20 de Fevereiro.

PS reúne com Representante da República e critica “jogadas” do Governo Regional.

 

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger