Julgamento do caso Jardim/Welsh adiado para 16 de Novembro

O Tribunal Judicial do Funchal adiou para 16 de Novembro o julgamento do caso Jardim/Eduardo Welsh.

O Tribunal Judicial do Funchal adiou esta manhã para o dia 16 de Novembro, às 15h30, a continuação do julgamento do caso Alberto João Jardim/Eduardo Welsh. Só nesse dia deverão ser feitas as alegações finais e marcada a leitura da sentença. O tribunal justificou o adiamento com a falta de resposta do presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Miguel Mendonça, a um pedido de esclarecimento formulado pela defesa do arguido Eduardo Welsh ao depoimento que a testemunha Miguel Mendonça fez por escrito.

De acordo com o que o CidadeNet conseguiu apurar antes das alegações finais a defesa vai requerer a audição da gravação do discurso de Alberto João Jardim, a 11 de Novembro de 2008, no acto público de inauguração da ligação da via rápida à cidade de Câmara de Lobos.

Recorde-se que, em causa está um processo movido por Alberto João Jardim contra Eduardo Welsh por causa de uma fotomontagem publicada no quinzenário “O Garajau” no dia 4 de Novembro de 2008. O julgamento deste processo teve início no passado dia 19 de Outubro.

[twitter style=”vertical” float=”left”]

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest