Adega Ervideira corre em África

A Adega Ervideira é a parceira da mais recente aventura de Bernardo Vilar por terras de África.

O piloto português completa 30 anos de carreira em 2012 e, em comemoração dessa importante data, decidiu participar no Rally Merzouga, um evento que se está a realizar em Marrocos e que permite o regresso do motard português às competições em solo africano. A prova arrancou no passado dia 6 e estende-se até amanhã, dia 11 de Novembro.

O piloto português começou por brilhar no prólogo, ao assinar o 13º tempo entre 49 concorrentes, demonstrando que quem sabe nunca esquece e que, apesar de estar afastado das competições em África há muito tempo, ainda consegue rodar entre os mais rápidos.

Já na 1ª Etapa da prova, as coisas não correram bem e um problema na moto fez com que Bernardo Vilar não terminasse a tirada, sofrendo por isso uma penalização de seis horas, que o afundou na classificação.

Ao arrancar do final do pelotão no segundo dia, o piloto apoiado pela Adega ERVIDEIRA fez uma jornada de raiva, subindo vários lugares na geral. Teve de efectuar inúmeras ultrapassagens mas, ainda assim, fez uma boa tirada e ganhou algumas posições na geral.

No terceiro dia de competição, fortemente marcado pela exigente navegação em torno das dunas marroquinas, Bernardo Vilar voltou a ganhar alguns lugares na tabela e terminou na 35ª posição, o que o eleva a ocupar um lugar entre os 40 primeiros da geral. Decerto uma posição abaixo do esperado à partida da prova, mas que tendo em conta os problemas do primeiro dia, pode ser considerada bastante positiva para o motard português.

Hoje corre-se terceira etapa, com 211 quilómetros de prova especial de classificação e apenas quatro de ligações. A competição, que se desenrola em torno da aldeia berbere de Merzouga, na parte marroquina do deserto do Saara, termina amanhã, sexta-feira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest