Chocolates e roupa: os presentes de eleição dos portugueses

Trata-se de um estudo elaborado tendo em conta as compras de Natal deste ano.

Quando o Observador Cetelem questionou os portugueses sobre “que categorias de produtos iriam comprar para oferecer este Natal”, 76% respondeu “chocolates”, 69% “vestuário” e 58% “artigos de decoração”. A utilidade e o preço são os critérios mais importantes para os consumidores portugueses na hora de escolher os presentes de Natal.

Enquanto os chocolates são a categoria de produto mais referenciada como opção de presente de Natal entre os homens (77%) e os indivíduos com idades compreendidas entre os 18 aos 44 anos (84%), os 25 aos 34 anos (89%). À excepção do Sul, onde 66% dos inquiridos tem como preferência o vestuário, o resto do país coloca os chocolates como primeira opção nas categorias de produtos a oferecer este Natal. Nas classes sociais AB+C1 os chocolates são também os eleitos por 80% dos compradores.

O vestuário é o segundo produto mais referenciado como opção de presente de Natal, nomeadamente para determinados segmentos que o preferem aos chocolates, ou seja para as mulheres (76%), para os residentes do Sul do país (66%), para as classes sociais C2+D (64%) e para os indivíduos com idades compreendidas entre os 25 aos 34 anos (89%) e com mais de 45 anos (70%).

Entre as categorias menos referenciadas pelos inquiridos como opção de escolha para os presentes deste Natal encontramos os electrodomésticos/produtos tecnológicos (2%), os vouchers de ofertas (3%), os telemóveis (4%), as bebidas (8%), os cabazes (9%) e os jogos electrónicos/vídeos (11%). Para além dos chocolates (76%) e do vestuário (69%), os artigos de decoração (58%), os brinquedos (49%), os produtos culturais (42%) e os perfumes e relógios (40%), também se encontram entre as categorias mais citadas pelos consumidores portugueses.

A utilidade do presente a oferecer foi o critério de escolha referenciado por 66% dos inquiridos e o factor preço (presentes baratos) por 58%. Oferecer um presente socialmente responsável reuniu ainda a concordância de 73% dos inquiridos.

Esta análise foi realizada em colaboração com a Nielsen e aplicada, através de um inquérito quantitativo, a 500 indivíduos de Portugal Continental, de ambos os sexos, dos 18 aos 65 anos, entre o período de 3 a 4 de Outubro de 2011. O erro máximo é de + 4,4 para um intervalo de confiança de 95%.

Sobre o Cetelem e o BNP Paribas Personal Finance

Pertencendo ao Grupo BNP Paribas, o BNP Paribas Personal Finance é especialista no financiamento a particulares. Com cerca de 27.000 colaboradores, em 30 países e em 4 continentes, o BNP Paribas Personal Finance é Nº1 em França e na Europa. Exercendo a sua actividade sob a marca comercial Cetelem, disponibiliza uma gama completa de crédito a particulares via ponto de venda (lojas, concessionários automóvel) e por via directa aos seus clientes: Internet e telefone.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest