Campanha alerta para os sintomas de um enfarte

Campanha de sensibilização pretende reduzir a mortalidade por Enfarte Agudo do Miocárdio.

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), membro da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), acaba de aderir a um programa europeu que visa reduzir a mortalidade por Enfarte Agudo do Miocárdio (EAM), melhorando o acesso dos doentes às terapêuticas mais adequadas.

Assim, a campanha de sensibilização “NÃO PERCA TEMPO. SALVE UMA VIDA” pretende alertar a população portuguesa para a importância de conhecer os sintomas, agir rapidamente, ligar 112, de forma a ser encaminhado para o hospital onde possa  receber o tratamento mais adequado.

«Uma das principais barreiras ao tratamento do enfarte é o tempo que se perde desde que o doente apresenta os primeiros sintomas até receber o tratamento adequado. O doente deve ligar de imediato para o número de emergência, 112, para que receba de imediato o correcto tratamento, e não  deverá deslocar-se  para o hospital pelos seus  próprios meios», Frisou Hélder Pereira, presidente da APIC e Director do Serviço de Cardiologia do Hospital Garcia de Orta

«Esta nova campanha pretende ajudar a população a reconhecer os sintomas de um enfarte, para que o tempo de resposta seja reduzido», complementa o especialista.

A Campanha “NÃO PERCA TEMPO. SALVE UMA VIDA – O Enfarte Não Pode Esperar!” faz parte do “Stent for Life”, uma iniciativa conjunta da Associação Europeia de Intervenção Cardiovascular Percutânea (EAPCI), um núcleo da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC), e da EuroPCR. Esta iniciativa é apoiada por dez países europeus, incluindo a Bulgária, Portugal, Turquia, Espanha, Itália, França, Sérvia, Egipto, Roménia e Grécia.

Para mais informações visite o site internacional da campanha em www.stentforlife.com.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest