43 madeirenses frequentaram o Programa Leonardo da Vinci (VÍDEO)

O intercâmbio promove as competências musicais, bem como aproxima diferentes culturas.

A Secretaria Regional da Educação e Recursos Humanos, através do Conservatório – Escola Profissional das Artes, apresentou hoje os alunos estrangeiros em intercâmbio no Programa Leonardo Da Vinci.

Rui Massena, presidente do Conservatório, disse tratar-se do quarto ciclo de ligações entre escolas, “que visa naturalmente promover a integração entre conservatórios do espaço europeu, fixar conhecimentos e sobretudo dar oportunidade de cruzar culturas”.

Desde o início do projecto, em 2006, 43 alunos madeirenses participaram no Programa Leonardo Da Vinci. “Temos sentido de que foi, de facto, um programa muito para o Conservatório – Escola das Artes e para os conservatórios onde se realizou”.

Jaime Freitas, secretário regional da Educação e Recursos Humanos, salientou a importância do  projecto para a formação dos jovens. “Vivemos numa ilha, rodeada por mar, e queremos fazer com que este mar que nos separa seja um elemento de união e não separação relativamente aos outros”.

O Programa Leonardo Da Vinci abre as portas, não apenas para os alunos do Conservatório, mas para todos os outros, que acabam por adquirir novas valências.

As escolhas para a nova direção foram igualmente destacadas. “Temos de acreditar que podemos ir mais longe. O senhor maestro Rui Massena vai ter uma missão que pode ser difícil, mas vai com certeza valer a pena”, concluiu o governante.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest