Comunistas acusam PSD de hipocrisia

Edgar Silva acusa o PSD de não analisar o conteúdo das propostas apresentadas, mas sim os partidos que as apresentam.

A CDU considera que a proposta de audição parlamentar do PSD para ouvir a presidente do Banco Alimentar Contra a Fome (BACF), Isabel Jonet, constitui um ato de hipocrisia.

Hoje em conferência de imprensa, Edgar Silva recordou que os sociais-democratas “já chumbaram três” propostas da CDU relativamente ao BACF, onde se incluiem a vinda da sua presidente ao parlamento e a criação do banco na Região.

O deputado comunista disse, ainda, que fez um levantamento das propostas apresentadas pelo seu partido no parlamento regional ao longo dos tempos. “As 32 propostas político legislativas que levamos ao parlamento ao longo dos últimos tempos foram chumbadas, mas depois foram assumidas pelo PSD ou pelo Governo Regional e levadas à prática”, frisou.

Desta forma, Edgar Silva denuncia que a maioria social-democrata não analisa o conteúdo das propostas apresentadas, mas sim os partidos que as apresentam.

“Há aqui uma hipocrisia tremenda da parte do PSD pela forma como analisa o conjunto das propostas. Todo este processo indicia uma  prática ou uma conduta política que é inaceitável, pois demonstra uma desfaçatez e revela uma lógica absolutista e despótica”, concluiu o deputado da CDU.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest