ILMA: Governo estuda viabilidade da empresa

Situação da ‘Indústria de Lacticínios da Madeira’ (ILMA) será resolvida em breve, diz o GR.

O secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, Manuel António Correia, referiu-se hoje à situação da empresa ILMA, na qual os produtores de leite têm a receber os meses de Setembro, Outubro e Novembro. O passivo da empresa ultrapassa já os 1,7 milhões de euros.

“Em relação à produção e escoamento de leite está assegurado, porque o sistema foi reestruturado e hoje temos uma empresa (Santo Queijo) que assegura esse escoamento. Os meses em atraso são do momento de transição”, explicou, acrescentando que a problemática será resolvida a breve trecho.

De igual modo, no que concerne à viabilidade da empresa, o secretário regional adiantou que estão a estudar alternativas. O Governo Regional tem apenas 2%, no entanto, “não é por isso que está afastado do respetivo processo. Pelo contrário, sem ser na praça pública, com a ponderação que estas coisas merecem, estão em vias de ser encontradas soluções que vão resolver os problemas e vão criar estabilidade”.

Apesar dos problemas recentes, tais como a falta de pagamento de água e dos salários dos trabalhadores, Manuel António Correia sublinhou que a ILMA continua a ser útil para a economia regional, bem como para assegurar os postos de trabalho.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest