PS acusa GR de ter abandonado os comerciantes

Lojistas do Funchal queixam-se de quebras de 50%, nas vendas, comparativamente a 2011.

No âmbito do “Roteiro para o Crescimento Económico”, o grupo parlamentar do Partido Socialista visitou, esta manhã, vários estabelecimentos comerciais da baixa do Funchal.

Da conversa que estabeleceram com os comerciantes os parlamentares socialistas mostram-se muito preocupados e assustados com o futuro do comércio tradicional. Carlos Pereira, deputado do PS, diz que houve erros do ponto de vista da gestão da cidade, tanto da parte do Governo Regional como da câmara do Funchal. “Houve uma proliferação de centralidades para fora da cidade que levou a uma desertificação progressiva do comércio no Funchal e isso provocou a atual situação de debilidade do comércio”, apontou, sublinhando que os comerciantes falam em quebras de 50% das vendas face ao ano passado.

O líder da bancada parlamentar socialista considera que as lojas que ainda estão abertas estão a fazer um esforço “quase heroico para se manterem e não despedir ninguém”. Os empresários segundo explicou Carlos Pereira dizem estar desiludidos com o Governo Regional que nada tem feito por eles. “O Governo Regional e a Câmara do Funchal desistiram dos madeirenses e também desistiram do comércio na baixa do Funchal. O governo não tem soluções, abandonou os comerciantes e a câmara cometeu erros graves e também não está preocupada em encontrar soluções”,criticou.

 [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest