Reciclagem com saldo positivo

A Universidade da Madeira envia 64% dos seus resíduos para reciclagem.

Um grupo de alunos do Curso de Especialização Tecnológica em Gestão Ambiental, da Universidade da Madeira (UMa), promoveu, no âmbito da Unidade Curricular Projeto de Gestão Ambiental, um projeto de caraterização da gestão de resíduos na UMa.

Através da realização deste projeto, os alunos verificaram que das cerca de 63 toneladas de resíduos sólidos urbanos produzidos anualmente no Campus Universitário da Penteada, 64% é enviado para reciclagem e que o seu valor como matéria-prima é de mais de 10 mil euros por ano.

O desempenho da Universidade na recolha seletiva é ainda melhor quando são considerados os materiais de maior valor, como o vidro, o papel/cartão e os plásticos e metais.

Efetivamente, a taxa de reciclagem do vidro atinge os 84%, do papel/cartão 88% e do plástico e metal 89%. Em média, a UMa envia para reciclagem 87% de todos os resíduos de vidro, papel/cartão, plástico e metal que produz.

Como nota menos positiva está o facto da separação dos plásticos e metais no contentor amarelo apresentar algumas deficiências já que, de todos os resíduos aí depositados, 33% estavam mal separados. O mesmo já não acontece no vidrão e no papelão, nestes contentores a separação tem sido correta, não apresentando falhas.

A existência de mini-ecopontos nos corredores do edifício e o facto do pessoal de manutenção e limpeza estar ciente da importância de respeitar e melhorar a seleção dos resíduos têm contribuído consideravelmente para a obtenção de tais resultados.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest