Grupo Pestana abre Cidadela de Cascais

A nova Cidadela de Cascais abre as suas portas ao público a 18 de Março, vendo inserida no seu espaço a mais recente unidade hoteleira do Grupo, a Pousada de Cascais.

Situada na antiga fortaleza de Nossa Senhora da Luz, hoje património nacional, este projeto constitui um singular espaço que se caracteriza pela variedade de locais flexibilidade dos mesmos, tanto interiores como ao ar livre. À volta das suas duas praças interiores (praça de Armas e Praça D. João IV) encontramos a mais recente unidade das Pousadas de Portugal, a Pousada de Cascais, que terá 108 quartos e 18 suites, o que representa a maior unidade do país.

O projeto envolvente conta também com estruturas de lazer públicas: o restaurante “A Taberna da Praça”, que vai fazer as delícias de quem gosta da comida portuguesa, o “CC Club”, um moderno espaço de animação e musica, lojas e espaços para eventos, entre outros. Estes espaços serão igualmente preenchidos com um calendário de eventos pensado para todos os públicos.

O objetivo é devolver à Cidadela e à vila de Cascais o brilho cultural de um local que já foi residência de férias da família real portuguesa e ponto estratégico da defesa nacional. Os edifícios foram restaurados de forma a preservar a herança histórica, num projeto de arquitetura moderno e cheio de luz. Os espaços são amplos e arejados e a decoração pensada ao pormenor para que os visitantes se sintam bem. As suas amplas esplanadas convidam a momentos de descanso e/ou animação não só para os locais como para todos os seus visitantes. É ainda o local perfeito para umas maravilhosas férias com vista para a marina de Cascais e o Oceano Atlântico, a dois minutos do centro da vila e escassos 20 minutos da cidade de Lisboa.

Podermos contribuir para a recuperação de um edifício ímpar e classificado é um projeto que nos enche de orgulho. A localização da Pousada é fantástica e o projeto está muito bem conseguido. Vamos chamar gente à Cidadela e voltar a fazer de Cascais um ponto de referência da oferta turística portuguesa”, explica Castelão Costa, Presidente das Pousadas de Portugal sobre a nova unidade hoteleira do espaço.

O projeto tem a assinatura da dupla de arquitetos Gonçalo Byrne e David Sinclair e vem dar continuidade ao trabalho do Grupo Pestana de recuperação de património histórico classificado, com projetos arquitetónicos marcantes e uma preocupação profunda com a sustentabilidade ambiental e o património natural envolvente.

O projeto resulta de um investimento de 20 milhões de euros por parte do Grupo Pestana que ganhou o projeto através de concurso público. O maior grupo hoteleiro português terá assim a concessão da totalidade dos espaços nos próximos 70 anos.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

 

Pin It on Pinterest