Liga Portuguesa Contra o Cancro não tem mãos a medir

Responsável pelo Núcleo Regional, Isabel França, deixa um apelo ao voluntariado. Pedidos de ajuda são diários.

O Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro recebeu hoje, das mãos do presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Albuquerque, um donativo no valor de 9.421 euros.

O município do Funchal concede anualmente àquela instituição uma verba correspondente a 1 euro por cada tonelada de resíduos de embalagem enviada para a reciclagem no ano anterior.

“Esta instituição é fundamental no apoio aos doentes com cancro. Faz um importante trabalho de apoio, mas também no âmbito da prevenção”, referiu o autarca, apelando para que os munícipes através da reciclagem possam contribuir para esta instituição. Nos últimos quatro anos, por exemplo, o valor entregue ultrapassou os 40 mil euros.

Isabel França, presidente do Núcleo Regional da Madeira, acrescentou que esta ajuda é fundamental, não apenas para os doentes oncológicos, mas para as suas famílias. “Todo o donativo que entra tem um destino previsto. O ano passado, em Novembro, já tínhamos esgotado o nosso plafond”, referiu mesmo, isto porque que os pedidos de ajuda são diários.

Desde o apoio em próteses, em cabeleiras, em serviços psicológicos, bens alimentares, condomínios, entre outros. A instituição procura assim dar resposta ao maior número de pedidos, tendo inclusivamente aumentado a área de intervenção.

“Temos a Casa da Liga no Hospital e gostávamos de ter preenchido todo o tempo horário do dia com voluntários. Não é preciso grandes aptidões, nem grandes disposições para ajudar”, apontou a responsável, deixando um sentido apelo ao voluntariado.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest