Piloto português cumpre objetivos no México

Armindo Araújo terminou a segunda etapa do Rali do México no oitavo posto da geral.

A segunda etapa do Rali do México possibilitou a Armindo Araújo e Miguel Ramalho subirem duas posições na classificação geral e continuar a manter intactas as aspirações de conseguir cumprir os objetivos desportivos traçados à partida.

Com a necessidade de procurar o melhor acerto para o MINI JCW WRC, o piloto tentou durante todas as especiais imprimir um ritmo o mais forte possível mas seguro o suficiente para não comprometer o resultado final.

“Desportivamente estamos dentro dos objetivos que traçamos a partida de uma prova em para a qual não realizamos qualquer teste. O carro tem melhorado de dia para dia, estamos a evolui-lo em alguns pontos de afinação e tivemos uma etapa quase tranquila. Na última especial da manhã cometemos um ligeiro erro e na derradeira classificativa do dia apanhamos um valente susto quando vimos uma pedra enorme no meio da estrada. Não sabemos como conseguimos escapar ilesos mas felizmente a sorte esteve do nosso lado. Não sei como é possível acontecer uma situação destas”, disse o piloto da equipa WRC TEAM MINI PORTUGAL.

A forma como a equipa tem gerido o ritmo nas especiais mostrou-se eficaz em termos de classificação e “vamos manter a estratégia para o que ainda resta”, concluiu Armindo Araújo. Para o ultimo dia do Rali do México, a dupla portuguesa tem pela frente quatro especiais de classificação, num total de 74.76 quilómetros cronometrados.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest