European University Association avalia UMa

Mais de 180 universidades de 36 países participaram neste programa.

Ainda pouco comum nas universidades portuguesas a existência de avaliações externas por entidades internacionais, o relatório apresentado pela EUA permitiu à UMa operar muitas mudanças nos últimos três anos.
O Programa de Avaliação Institucional da EUA iniciou-se há 15 anos com o objetivo de preparar as universidades para dar resposta à necessidade emergente de responsabilização externa. Mais de 180 universidades de 36 países participaram neste programa e algumas até solicitaram visitas de seguimento para monitorizar o progresso efetuado, como é agora o caso da UMa.
O objetivo passa por oferecer à universidade uma avaliação externa efetuada por peritos com experiência em diferentes sistemas educativos europeus e funcionando também como um órgão consultivo, ajudando os dirigentes institucionais no processo de mudança.
Ao analisar instituições de diferentes países, a EUA espera difundir exemplos de boas práticas europeias e internacionais, validar conceitos comuns de pensamento estratégico e elaborar ideias partilhadas no que concerne à qualidade e ajudar as universidades a reorientar o seu
desenvolvimento estratégico. A Comissão de Avaliação da EUA é coordenada por Don McQuillan (Irlanda) e dela também fazem parte Lothar Zechlin (Alemanha), Tatjana Volkova (Letónia) e Miroslav Jasurek (República Checa). Nestes três dias, os membros da comissão manterão reuniões com a Equipa Reitoral, membros do Conselho Geral, presidentes dos Colégios Universitário e Politécnico, presidentes dos Centros de Competência, coordenadores dos Centros de Investigação, Administradores, dirigentes intermédios e com representantes dos estudantes. Com base no relatório de autoavaliação da UMa, a EUA pretende, essencialmente, obter respostas para as seguintes perguntas: O que é que a UMa está a fazer?; Como é que a UMa está a fazer?; O que é prova que está a funcionar?; Como é que a UMa
promove a mudança para melhorar?
Na quarta-feira, pelas 15h00, terá lugar na Reitoria da Universidade da Madeira, ao Colégio dos Jesuítas, uma conferência de imprensa para apresentação de resultados destes três dias de trabalho.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest