Madeira está “sob um controlo rigoroso”

Diz a Comissão Europeia.

A região autónoma da Madeira está “sob um controlo rigoroso” através do programa de ajustamento assinado em janeiro entre o Governo central e as autoridades regionais, considera a Comissão Europeia.

A situação da Madeira é analisada pela Comissão num relatório sobre a terceira revisão do programa de assistência financeira a Portugal, hoje apresentado.

O programa de ajustamento para a Madeira é “ambicioso” e foi concebido em moldes semelhantes, escreve a Comissão.

“Para lá das condicionalidades do programa, há debilidades antigas na gestão das finanças públicas da Madeira que estão a ser tratadas pelo governo central através de controlos rigorosos, apoio técnico e gestão orçamental”, declara Bruxelas.

A Comissão nota ainda que o primeiro relatório sobre a aplicação do programa para a Madeira “estará disponível no final de abril, bem a tempo da quarta revisão” do programa da ‘troika’.

Na conclusão da sua visita a Portugal, em fevereiro, a ‘troika’, composta pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional, aprovou uma nova tranche de quase 15 mil milhões de euros do programa de ajuda, considerando que Portugal está “no bom caminho”.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest