“Laço Azul” nas Portas da Cidade

O apoio às crianças e aos jovens tem de ser encarado como uma prioridade nos dias de hoje” defendeu Berta Cabral na abertura da campanha “Mês Nacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância”.

Berta Cabral durante a abertura da campanha “Mês Nacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância”, salientou a importância das parcerias que a autarquia mantém há já alguns anos com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e com a Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada, à semelhança do que acontece também com outras instituições.

Devido às condições atmosféricas as iniciativas programadas para as Portas da Cidade no âmbito da campanha “Mês Nacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância” acabaram por ser realizadas no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Com a melhoria do estado do tempo, foi possível que algumas das atividades ainda fossem realizadas como previsto nas Portas da Cidade, onde se reuniram cerca de duas centenas de crianças dos ATL municipais, jovens e responsáveis pelas várias entidades que organizaram a campanha.

Berta Cabral defendeu na ocasião que “o apoio às crianças e aos jovens tem de ser encarado como uma prioridade nos dias de hoje”, acrescentando que “todos nós – sociedade e entidades públicas – temos obrigação de chamar a atenção para a necessidade de quem precisa de apoio também se envolver na resolução dos problemas, também contribuir para o desenvolvimento da sociedade onde se insere”.

Foi ainda descerrado por Berta Cabral o grande “laço”, símbolo identificativo da campanha “Laço Azul” nas Portas da Cidade.

Esta é uma iniciativa conjunta da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Ponta Delgada, da Câmara Municipal e do projeto Renascer que, ao abrigo do programa Escolhas, levado a cabo pela Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest